Atalho do Facebook

Arroz negro de polvo e camarão ao pesto

>> quarta-feira, 30 de setembro de 2009



Comprei um pacote de arroz negro faz tempo. Sempre olhava ele no armário e nunca tinha vontade de fazer.
Essa semana vi uma receita de arroz negro feita dela Tatiana do Panelaterapia e fiquei morrendo de vontade de arriscar.

Corri e pedi ajuda para meu amigo André Leiras. Ele me sugeriu fazer o arroz com o caldo do cozimento do polvo.
Ainda bem que segui o conselho dele, ficou MUITO BOM.
Para acompanhar fiz camarões com pesto, também sugestão do André.

André, muito obrigada pelas dicas. Você sabe o quanto eu te admiro pessoal e profissionalmente.

Tati, obrigada por atiçar minhas lombrigas!! hahahahaha

Vou contar um causo antes de passar a receita. Eu não comi quase nada.
Trabalhar com o polvo me deu... bem... me deu receio.
Li na internet que eu tinha que furar os olhos do bicho, depois fazer um corte unindo os dois olhos e retirar a bolsa de tinta e as outras coisas estranhas que se encontravam lá dentro.

Jesuiiiis....
Tive altos bloqueios na hora de furar os olhos do bicho! Sofri de verdade!
Quando coloquei ele na panela eu estava arrasada!
Não tive o mesmo sentimento ao cortar os tentáculos, mas toda hora me lembrava dos meus dedos perfurando os olhinhos do bicho.... e sofria novamente.

Eu devo estar de TPM, só pode! Tanta sensibilidade não combina com meu jeitinho de ser.

Bem, antes que eu mareje os olhos novamente, vou passar a receita.

Para o polvo:

1 polvo de 1 quilo e meio
1 cebola sem cascas, inteira
1 folha de louro
1 pimenta

1 colher, das de sopa, de manteiga
2 colheres, das de sopa, de azeite
180 g de sweet grape (aqueles tomatinhos pequenos e bem doces)
o polvo cozido e fatiado
sal, se necessário - Eu não precisei usar, o polvo já salga o suficiente.

Arranque fora as córneas do bicho, retire tudo que é sujeira que estiver atrás dos olhos e não sofra.
Lave bem os tentáculos para retirar aquela sujeirinha gosmenta que se esconde ali.
Coloque o polvo na panela de pressão, junte a cebola, a folha de louro e a pimenta, tampe a panela e cozinhe por 20 minutos após a panela pegar pressão.
Nada de dar porrada no bichinho para ele amaciar. Cozinhando na pressão, SEM ÁGUA, por 20 minutos ele fica super macio e solta um caldo maravilhoso.
Após esse tempo espere a pressão sair completamente, abra a panela, retire o polvo e reserve o caldo na panela.

Fatie o polvo.
Aqueça uma frigideira com a manteiga e o azeite e coloque o polvo fatiado.
Mexa por 1 minuto e acrescente os tomatinhos e desligue o fogo.
Reserve, mantendo aquecido.

Para o arroz

1/2 quilo de arroz negro
o caldo que se formou com o cozimento do polvo
água suficiente para ficar 4 dedos acima do arroz
2 dentes de alho, inteiros
1 pitada de sal

Coloque o arroz, os dentes de alho e a água na panela de pressão com o caldo do polvo. Acerte o sal, tampe a panela e conte, à partir do chiado, 27 minutos.
Eu deixei 25 e precisou de mais 2 minutos.
Abra a panela, junte o refogado de polvo e sirva com os camarões.

Aqui está o passo-a-passo da receita de arroz negro de polvo




Para o pesto

O André tinha me falado de fazer um pesto para essa receita... fiquei imaginando aonde o pesto podia entrar.
Resolvi que entraria nos camarões, que de início iriam parar dentro da panela de arroz.

Eu adooouro pesto.... mas não é sempre que uso pinoles. Aqui em Uberlândia eles são difíceis de achar e caros (cerca de 350,00 o quilo). Faço meu pesto com castanha de caju e fica ótemo.
Também não uso pecorino, que quase não acho para vender. Uso só um bom parmesão.

Eu faço o pesto meio de olho, não tenho uma medida exata.

Nesse de hoje usei:

1/2 maço de manjericão (só as folhas, bem lavadas)
2 dentes de alho
10 ou 12 castanhas de caju
3 colheres bem cheias de queijo parmesão ralado na hora
azeite quanto baste

Eu não gosto de fazer o pesto no processador, como muita gente faz. Eu acho que o manjericão oxida e escurece...
Prefiro fazer da forma certa, no pilão.
Não tenho um pilão apropriado mas o meu de madeira dá conta do recado direitinho (com a ajuda do maridão...hehehehe)

Primeiro eu "pilo" o manjericão com o alho e as castanhas, depois acrescento o queijo e, por último, o azeite.

Para os camarões

- 1 camarão grande por pessoa (eu fiz 4 já que o JA não come frutos do mar)
- 600 g de camarões médios
- Sal a gosto
- 1 colher, das de sopa, de manteiga
- 2 colheres, das de sopa, de azeite
- o pesto reservado

Retire as cascas dos camarões, faça um corte nas costas e retire aquela tripa horrível que tem ali.
Além de deixar o bichinho mais limpinho esse corte ajuda a não deixar o camarão se enrolar na hora de grelhar.
Tempere com uma pitadinha de sal.
Aqueça uma frigideira, acrescente o azeite e os camarões maiores. Coloque um pedacinho de manteiga no centro da panela, conte 1 minuto e vire os camarões. Conte mais 1 minuto e retire, mantendo reservado e aquecido.
Faça o mesmo com os camarões médios, dividindo os 600g em 3 etapas.
Volte todos os camarões para a frigideira e acrescente o pesto.
Desligue o fogo, mexa cuidadosamente para que o camarão se incorpore ao molho e sirva com o arroz de polvo.

Aqui está o passo-a-passo da receita de camarões ao pesto

5 comentários:

Tatiana 30 de set de 2009 23:22:00  

Kris arrasou!!!!!]
Mas ó, eu não encaro furar o zóio do bicho não kkkkkk.... mas comer seria facinho!!!
E esses camarões que espetáculo!!!
Lindo!!!! Valeu à pena atiçar suas lombrigas!!!

Rachel 1 de out de 2009 10:24:00  

Olá Kris! Que receita menina!!! Já está anotadíssima, próxima data especial é com ela que vou comemorar. Por aqui, encontro o polvo em pedaços congelados, então não vou passar pelo mesmo sofrimento que você! Ficou lindo seu prato!!! Bjus!!!

Lilian 1 de out de 2009 10:44:00  

Kris,

que sorte a minha, já estava pensando em jogar fora, o vidro de arroz negro, que comprei há meses e não sabia o que fazer. Vou fazer já!! Obrigada,

PS. Tenho pensado seriamente, em parar de frequentar este blog, como vivo com restrições de comidas " calóricas", incluindo tudo o que bom para comer...Nunca vi um lugar só postar comidas ótimas!! e sempre me deixa com água na boca ( beincadeira, para descontrair!!!)

Kris Nardini 1 de out de 2009 12:41:00  

Meninas, por sorte não sonhei com os olhinhos do bicho...hehehehehehe

Lilian, não faça isso, amiga! Prometo fazer umas comidinhas light! Que tal torresmo? hahahahaha

Priscila L. Beneducci Afonso 4 de out de 2009 07:47:00  

Kristine eu preciso aprender com vc a ficar + ousada na cozinha. Ai seu eu falo que almoço aqui será Arroz Negro com Polvo, eles são capazes de sairem correndo ao Itaupower Center Shopping para almoçar. Eu tenho um povinho que amo demais, dificil demais. Meu pai até que melhorou bastante de uns 5 anos para cá, que está morando + perto de mim, já conseguir enfiar umas garfadas que a boca dele não toparia de jeito nenhum. Uma receita dessas, teria que ser jantar a 2 para começar, e tentar como dizem os evangelicos " converter na boca 1 por 1". Beijao da Pri

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Back to TOP