Atalho do Facebook

Comida de quinta- Macarrão com almôndegas

>> quinta-feira, 11 de março de 2010

Eita que eu tava morrendo de saudades de postar minhas receitas de quinta!
Ontem tive um dia muito difícil, passei muita raiva, e hoje acordei sem vontade de cozinhar.
Logo me lembrei das almôndegas que sempre faço e deixo congeladas e resolvi que nosso almoço seria macarrão com porpetas .
Mas a cabeça tava tão fraca, mas tão fraca, que cheguei na cozinha, retirei as almôndegas do freezer, lavei o arroz, coloquei a água para ferver e refoguei o feijão, tudo no automático. Só depois de um tempo eu me lembrei que a massa seria prato único.
Resultado? Sobrou uma panelona de arroz e outra de feijão para o jantar!!!

Querem saber o que me deixou com a cabeça tão fraca?
O meu amado maridón!
Viajamos em Janeiro e só voltamos no início de Fevereiro... Assim que chegamos fomos colocar as contas em dia e.... o maridão se confundiu e pagou a conta de água de Fevereiro achando que era a de Janeiro.
Quando estou fazendo meu almoço de ontem abro a torneira e quase tenho uma síncope!
CADÊ A ÁGUA???
Abro as outras torneiras e NADA!
Peguei o telefone e liguei pro maridão que me mandou ir nas casas vizinhas perguntar se tinha algum problema. Passei esse carão, acreditam?
Nenhum problema nas casas vizinhas.
Liguei pra ele novamente e disse que o problema devia ser no nosso encanamento.
Assim que ele chegou para o almoço fuçou em todos os registros da casa, não achou nada de errado e telefonou no DMAE, departamento de água e esgoto da cidade, e fez a reclamação. Imaginam a cara dele quando o rapaz informou que o defeito era corte de água por causa de falta de pagamento?
Mininas, fechei o meu tempo! Rodei a minha baiana interior... Fiquei braba pur dimais!
A conta foi paga logo em seguida mas ficamos sabendo que o DMAE pede 24 h para restabelecer o fornecimento de água.
24 HORAS? Comassim que eu ia fedida pro aniversário da minha sobrinha Laurinha? A baiana incorporou novamente.
O Rô contou com a ajuda da Marilda, que trabalha com ele, para que a água voltasse até as 17h.
Esperei o rapaz do DMAE na janela, assim como uma mocinha espera o primeiro namorado.
E cadê que o rapaz aparecia?
Mir telefonemas depois nos informaram que o rapaz já tinha vindo e que o fornecimento já estava restabelecido.
Logo pensei: - Ele deve ter vindo naquela hora que fiz um xixi e tive que buscar um balde de água no vizinho para lavar as mãos e eu perdi a chegada dele.
Mas cadê a água?
O marido disse que ia resolver problema.
Se ajoelhou de frente a caixa do hidrômetro e mexeu em algum lugar.
De repente começou a jorrar água com barro, como se fosse petróleo.
Essa água enlamaçada voou pra tudo que é lado, inclusive na cara do maridão.
E quem disse que tinha como desligar?
Quando conseguimos diminuir o vazamento a caixa do hidrômetro estava lotada de água e tivemos que tirar toda a água, com uma tigelinha, para entender o que estava acontecendo.
Vocês não imaginam a cara dos vizinhos passando e vendo a cena: eu e o Rô ajoelhados no chão, cheios de lama e com a cabeça enfiada na caixa do hidrômetro, que fica 80 cm abaixo do chão. Só nossas bundas apareciam.
ÓDEO!!!!!!!!
Depois de brigar por quase 1 hora com o vazamento, eis que me aparece o namorado, ops, o rapaz do DMAE.
Blefaram quando falaram que ele já tinha vindo.
E, se não tinha vindo, NÃO TINHA RETIRADO O DANADO DO LACRE DO CORTE DE FORNECIMENTO!!!
E o maridão não percebeu que aquele negócio azul celeste ENORME que ele achava que era a solução dos seus problemas era, na verdade, o lacre.
Não aguentei e tive que dar risada, né? Mas os nervos ficaram a flor da pele.

Por isso minha cabeça ficou tão fraca...

Mas, vamos ao que interessa, a comida de quinta.

As almôndegas (ou polpetas) eu faço em grande quantidade e congelo.
Vou passar a quantidade para 60 polpetas médias.


Bata no liquidificador

4 fatias de pão de forma
50 ml de leite
1 cebola em gomos
4 dentes de alho descascados
1 colher e meia, das de sobremesa, de sal ou tempero caseiro
pimenta ardida e do reino a gosto
3 colheres, das de sopa, de azeite

Tempere 1 k e meio de patinho moído com essa mistura e faça 60 bolinhas, todas do mesmo tamanho.
Para congelar basta colocar as almôndegas, com espaços entre elas, em uma assadeira e levar ao freezer por 3 horas. Depois é só congelar em saquinhos. Eu congelo em porções de 20 almôndegas.

Para o molho:

- 20 almôndegas congeladas ou frescas
- óleo suficiente para cobrir as almôndegas
- 3 dentes de alho, bem picados
- 1 cebola, bem picada
- 1 lata de tomate pelado
- 2 colheres, das de sopa, de extrato de tomate (comida de quinta vale usar extrato de tomate!)
- 1 colher, das de sopa, de açúcar (tem gente que vai me xingar)
- Sal e pimenta a gosto
- 200 ml de água
- Azeite a gosto
- Manjericão a gosto

Coloque as almôndegas em uma panela e cubra com óleo. Frite em fogo bem fraco, até que elas fiquem coradas. Não mexa, para que elas não se desfaçam. Se precisar, basta sacudir a panela.
Assim que as almôndegas estiverem douradas, escorra todo o óleo e acrescente o alho e a cebola às almôndegas. Frite por 3 minutos, mexendo para que a borra da panela se incorpore aos temperos e acrescente o tomate pelado, o extrato, o açúcar e 200 ml de água. Cozinhe por 15 minutos, tempere, regue com azeite e acrescente o manjericão.

Sirva com a massa da sua preferência.

É de quinta, mas é DILIÇA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

9 comentários:

K' delícias 11 de mar de 2010 15:34:00  

Oi Kris!

Nossa... que dia heim menina...hehehe
Tá linda essa foto! Também fiz Spaguetti hoje só que com molho a bolonhesa.

bjus

Ricardo 11 de mar de 2010 17:38:00  

Kris, boa tarde!
Tenho acompanhado seu blog, e hoje essa receita me fez deixar um comment...
Tenho um blog com uns amigos onde colocamos as receitas que fazemos as quartas-feiras quando nos reunimos, para um programa totalmente masculino, jogar poker, cozinhar e beber... rsss
Neste nosso blog, temos uma receita de sanduiche com almondegas, uma delicia!
Veja lá: www.pokerereceitas.blogspot.com
Esperamos sua visita!
Ricardo

Anônimo,  11 de mar de 2010 17:47:00  

que bom que vc voltou! tava com saudades de suas receitas deliciosas!
sabe que eu faço as almôndegas no forno e ficam também deiciosas?
beijo
Luciana Pordeus

Anônimo,  13 de mar de 2010 15:13:00  

Cara Kris
Entendo perfeitamente seu sofrimento, já passei por uma situação semelhante,uma conta de luz de pouquíssimos reais que foi esquecida. Deu vontade de voar no pescoço do marido! Foi um grande mico ouvir dos vizinhos "que tinha um rapaz da empresa de luz no seu poste à tarde", mas entre mortos e feridos todos se salvaram,né!?

Com carinho
Cátia Milhomens

Kris Nardini 15 de mar de 2010 16:29:00  

K'delicia, eu também gosto muito de bolonhesa! Que delícia....

Beijos

Kris Nardini 15 de mar de 2010 16:30:00  

Ricardo, já estive no seu blog, gostei muito e até comentei. Só que nao estava conseguindo postar aqui!
Eu AMO sanduba de almôndega com mostarda dijon num pão francês bem fresquinho... Hummm... Até salivei!

Beijos

Kris Nardini 15 de mar de 2010 16:31:00  

Ah, Ricardo... me esqueci de falar que eu e o maridão AMAMOS jogar poker! Se a gente morasse perto eu até ia me convidar...hehehehe

Kris Nardini 15 de mar de 2010 16:32:00  

Olá, Lu!!!! Bom é ter vocês aqui comigo!

Eu já fiz no forno também... Muito bom você ter me lembrado! Da próxima vez vou fazer no forno!

Mil beijos

Kris Nardini 15 de mar de 2010 16:34:00  

Cátia, eu também tive vontade de voar no pescoço do maridão...hahahahaha
Nessas horas, por pouco não fazemos uma merda, né? ô raiva que dá!

Um beijo ENORME

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Back to TOP