Atalho do Facebook

Acarajé em Uberlândia

>> quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011


Você é apaixonado por acarajé como eu sou? Eu AMO. Sou capaz de comer 2, dos grandes, numa sentada! Se for na Bahia, então... Afe! Como até mais!

Outro dia tive um desejo sem estar grávida! Passei a semana só pensando em acarajé. Cheguei a perguntar no Twitter se alguém de Uberlândia conhecia quem preparava o danado! Até acarajé de oferenda de pai de santo eu tava aceitando...heheheheO maridão, sabendo desse meu desejo, tentou achar em tudo que é lado e nada...

Dias depois ele viu um carro todo plotado com acarajés passando na rua e começou uma perseguição ao carro... Ele perseguiu o carro por um bom tempo mas não conseguiu alcançar para pegar o endereço completo. Conseguiu ler apenas o nome da rua de um dos endereços.

Me ligou na mesma hora, pediu para eu me aprontar porque ele me faria uma surpresa. Confesso que achei que ele me levaria ao motel..hahahaha

Cheguei até a arrumar minha maleta erótica! Mas ele, que não é nada romântico, tratou de falar a verdade assim que entrei no carro (ainda bem que a maleta ainda não estava em mãos...hehehehe), e disse que me levaria para comer a coisa que eu mais gosto e que seria numa barraquinha, num bairro afastado!

O nome da rua ele tinha, mas o endereço completo não! E a rua é grande, amigos... Quem conhece o bairro Luizote sabe o quanto a José Fonseca e Silva é longa! Fomos e voltamos nessa rua umas 3vezes e nada de encontrar a danada da barraca de acarajé. Olhei na internet e nada de achar o endereço.

O marido ficou decepcionado e eu arrasada! Resolvemos voltar pra casa e passamos na padaria para comprar pão. Foi na padaria que o Rô encontrou um amigo e, contando o "corre" que tínhamos acabado de fazer em busca de um acarajé, ficou sabendo por ele o endereço exato! Bendito amigo!

Voltamos toooodo o caminho e descobrimos, depois de quase 1 hora e meia de procura, que o tão procurado Point do Acarajé ficava a menos de 1 km da empresa do maridão! Cheguei no local salivando! O maridão todo orgulhoso por estar me agradando!

Na chegada já fiquei encantada. Tudo impecavelmente limpo e arrumado. E o atendimento, feito pela mulher do baiano Carlinhos, foi nota 10.

Assim que vi os recheios já fiquei desorientada!





Vatapá, moquequinha de camarão (camarão seco), quiabada (parecido com o caruru) e vinagrete.
Pedi dois completos. Os dois pra mim, claro! O maridão não gosta nem do cheiro de acarajé!
Enquanto o acarajé estava sendo frito fiquei de papo com a mulher do Carlinhos (me esqueci o nome dela, pode?)



Nesse papo descobri que a barraquinha da José Fonseca e Silva realmente existe, só que é montada as 19:30h e nós passamos por lá as 19:00h.
Descobri também que, se você quiser fazer uma festa baiana em Uberlândia e servir acarajé, o Carlinhos vai até sua casa e faz pra você. Não é o must?

Logo que o acarajé chegou eu não falei mais nada. Fiquei apenas saboreando, extasiada...

Saí de lá feliz com o maridão e com meu desejo saciado... Nem na maletinha erótica eu pensava mais (vamos combinar que depois de dois acarajés ninguém consegue trepar nem em árvore, né?)....

O que eu achei do acarajé? É claro que comer frango caipira com angu e quiabo em Minas é melhor do que comer frango caipira na Bahia, né? Mas vale a pena pra matar aquela vontade que só pegando TAM você sacia....

Point do Acarajé

Loja 1 - Av. Taylor Silva, 1137 (Bairro Tocantins)
Loja 2 - Av. José Fonseca e Silva (barraquinha ao lado da Associação de Moradores do bairro Luizote)
Fones: (34) 3223-0897 ou 9923-8263


7 comentários:

Jahm 24 de fev de 2011 14:46:00  

Você não sabe o quanto eu fiquei feliz em ler esse post.
Moramos - eu e meu marido - aqui em Uberlândia e somos desesperados por acarajé. Já procuramos em vários lugares; experimentamos em alguns enão deu certo. Não chega nem perto - nem 0,1% - do acarajé baiano.
Fiquei muito empolgada para exeprimentar este. Tomara que dê certo! Nem que seja só um pouquinho sabororoso!
rsrsrsrsr

Obrigada pela dica!

BJahm

P.S.: Acho que faltou uma informação: sou baianaaaaaaa! Por isso o desespero por acarajé!

Kris Nardini 24 de fev de 2011 15:06:00  

Jahm, não vá esperando muito, tá? É apenas um paliativo! hehehehe
Lembra do que falei do frango caipira mineiro e do frango caipira baiano?
Ainda continuo achando que acarajé bom é acarajé baiano da Bahia MESSSSMO....rsrsrsrsrs

Beijos

Joyce 24 de fev de 2011 17:11:00  

Olá, sempre passo por aqui, e hoje tive que comentar, aaaaadoro acarajé, nuuuuusa, como é bom, nunca comi na Bahia, mas aqui em Brasília tem uma Baiana que faz um bãom, só como na barraquinha dela...me deu até vontade de ir lá hoje, só que tenho faculdade e saio tarde, então só sexta ou sábado :(
Que história heim, adorei!!!

Beijos estou te seguindo acho seu blog um "must" como você diz!!! (risos)

Jahm 24 de fev de 2011 23:28:00  

Kris,

Eu vou exeperimentar...se ele for um pouquinho melhor do que os que já experimentamos, já estarei no lucro!
Assim que eu experimentar eu te digo o que achei ok?
rsrsrsrsr

BJahm

Arte Persona | personalização de ambientes 2 de mar de 2011 10:41:00  

Gente do céu! Estou aqui salivando em plena 10h40 da manhã!!!!

Camila,  10 de nov de 2011 20:49:00  

Ninguém voltou depois de experimentar que pena, mas eu voltei.
Ta aprovadissimooooo, realmente mt bom, provei e gostei demais, olha q sou baiana hein e exigente quando o assunto é acarajé. Vale a pena conferir!!!

Jahm 16 de mar de 2012 21:43:00  

Voltei pra dar meu veredito.
Não gostei muito não.
Pode ser que tenha sido pelo fato de eu ter pedido para entregar em casa e o entregador demorou muito pra chegar aqui no Sta Mônica; Fato é que quando recebi meus 4 acarajés, eles estavam frios e já sem aquele gostinho maravilhoso.
Fiquei sabendo através do entregador - dono do "quiosque" - que eles também fazem tapioca. Quem sabe um dia eu vá até lá comer uma tapioquinha e aproveite para experimentar o a acarajé quentinho, saindo na hora!
rsrsrsrsr

Abraços,

Jahm

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Back to TOP