Atalho do Facebook

Medalhões de filé ao molho madeira

>> segunda-feira, 20 de junho de 2011



Já postei o caldo de camarão que servi na noite do dia dos namorados e hoje falo do almoço, no dia 12.
Enfrentar fila em restaurante para comemorar alguma data especial não é comigo...
Como a noite de sábado se estendeu até quase a manhã de domingo, me levantei tarde e resolvi fazer um prato que o maridão adora e que é rápido.
O medalhão de filé mignon ao molho madeira é mais fácil do que você imagina...
Tá certo que pulei uma etapa porque tinha o molho pronto, lembram?

Mas você pode quebrar o galho com um caldo de cubinho...

Para 16 medalhões eu usei:

1 filé mignon bem limpo, com aproximadamente 1.8 k
2 bandejas de bacon fatiado
sal, pimenta e tomilho fresco a gosto
1 fio de azeite
1 colher, das de sopa, de manteiga
8 cubinhos de caldo demi glace ou (1/2 litro de água com 1 sachet de caldo o% de gordura + 1 colher, das de sopa, de farinha de trigo)
100 ml de água
100 ml de vinho Madeira
200 g de champignon fatiados

Limpe bem o filé e leve ao freezer por meia hora.
Retire carne do freezer e fatie os medalhões, com mais ou menos dois dedos e meio de espessura.
Envolva cada medalhão em uma fatia de bacon, prenda com um barbante próprio para culinária ou com palitos e corte a rebarba do bacon. Tempere os medalhões com sal, tomilho, pimenta e azeite e reserve.
Aqueça BEM uma frigideira larga e acrescente metade da manteiga. Doure 4 filés de cada vez, deixando 2 minutos de cada lado. Retire os filés dourados, transfira para uma caçarola e repita o processo até todos os medalhões estarem dourados.
Fatie as rebarbas do bacon em pedaços bem pequenos.
Junte esse picadinho de bacon à frigideira que os filés foram dourados e espere o bacon ficar crocante. Deglace a panela com 100 ml de vinho Madeira, acrescente os (*) 8 cubinhos de demi-glace e 100 ml de água e espere os cubinhos dissolverem. Se o molho ficar muito denso, use mais água. Acerte o sal e a pimenta e junte o champignon. Ferva por 1 minuto e cubra os medalhões com esse molho.
Ligue o fogo da caçarola e deixe o caldo ferver por mais 2 minutos se quiser o filé ao ponto e 5 minutos se quiser bem passado.

(*) Se você não tem o cubinho caseiro pronto, dissolva o caldo industrializado em água, junte a farinha de trigo e acrescente à receita nessa hora. Se necessário, use mais água ou mais farinha.

Sirva com purê de batatas ou arroz branco... E uma boa salada de folhas!

PS. Não se esqueça de retirar os palitos ou o barbante antes de servir, tá? Não queremos nenhum desavisado engolindo palito bem no dia dos namorados!

5 comentários:

Marta 20 de jun de 2011 14:08:00  

Delícia e a foto do prato nos deixou com água na boca!
Beijos

Jotta e Rosley 20 de jun de 2011 16:34:00  

Excelente receita Kris.
Abraços!

tudoparaserfeliz 21 de jul de 2011 09:22:00  

Olá linda Kris!
Flor, na falta do vinho madeira, posso usar vinho tinto?
Bjo

Rita,  21 de jul de 2011 09:23:00  

Olá Linda Kris!

No lugar do vinho do porto, posso usar vinho tinto?

Bjo

Kris Nardini 21 de jul de 2011 10:10:00  

Olá, Rita! Eu uso o vinho Madeira ( o molho se chama molho madeira por causa do vinho) mas acho que pode, sim, usar um vinho tinto seco. Só que coloque menos, para não ficar muito forte, tá?
Beijocas!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Back to TOP