Atalho do Facebook

Catupiralho na casa DosLu

>> quinta-feira, 10 de novembro de 2011


Esse catupiralho é totalmente de quinta, de tão fácil!
Minha amiga Madame Sinhazinha Cozete já tinha me falado dele algumas vezes mas eu nunca tinha feito.

Em uma noite despretensiosa na casa DosLu, começamos a tomar um vinhozinho, me lembrei dessa receitinha da Cô e resolvi preparar essa gostosura bafogênica para beliscar!

Se você não se incomoda com o bafão de alho, corra ao mercado agora mesmo e busque seu pote de Catupiry!
Depois é só dourar 1 cabeça de alho bem picado em azeite e jogar por cima do catupiry! Uma moidinha de mix de pimentas por cima e pronto!
Ah! E faça como eu, sirva no próprio pote, com torradas de pão de cachorro quente, que era o único que eu tinha em mãos... hahahaha

Torradinha com catupiralho, queijinho temperado, Angélica Zapata na taça, romãs colhidas no pé e papo com amigos do coração.... Quem precisa de mais coisas pra viver?


9 comentários:

Grazzi! 10 de nov de 2011 09:51:00  

Gente q delícia! Deve ter sido uma tarde maravilhosa...e essa receita..o que é isso? Adorei, super simples e ótima para acompanhar pães e torradas em um happy hour...

coisasdagrazzi.blogspot.com

Carlos Amaral 10 de nov de 2011 10:13:00  

Kris, tenho q admitir q, qdo li o título da receita, tomei um susto! E confesso que não me refiz totalmente do susto ao terminar de ler o post... Deve ficar "tudibão" (adooooro alho, a minha farofinha de alho eu como até pura!), mas é o tipo de receita q só se faz entre amigos do coração, mesmo... Pq nem todo mundo gosta de uma experiência "bafogênica", como vc mesma descreveu! rs... Não é o tipo para fazer com gente desconhecida. Mas q deve ficar bom, isso eu não duvido! Aliás, como td q vc apresenta aqui! Beijo grande! Paz, luz e sucesso pra vc!

Kris Nardini 10 de nov de 2011 10:46:00  

Essa receitinha bafogênica é mesmo tudo de bom...

Carlos, tirando o "tupi" o nome fica, digamos, engraçado, né? hahahahaha

Beijos

ANDREIA 10 de nov de 2011 10:52:00  

Muito bom, vou fazer hoje a noite.

Abraços

Andreia

Anônimo,  10 de nov de 2011 11:12:00  

A Comida pode ser de quinta,mas o vinho é de primeira!!! Adoro suas receitas, beijos, Lilian

Outro dia fiz um "prato" e quis muito levar para você experimentar. Patê de Pequi: é maraviloso! Da próxima eu levo. Lilian

Kris Nardini 10 de nov de 2011 12:48:00  

Lilian, sumida, me passe seus contatos via e-mail... outro dia eu queria te mandar e-mail mas não sabia o endereço.

Vai ter novidades no blog para meus leitores de Uberlândia e região, acho que você vai gostar!

Beijo

PS. EU QUERO PATÊ DE PEQUI!!!!!!!!!!!!

Renata Boechat 10 de nov de 2011 21:02:00  

Gente, vim pelo nome (que achei o máximo!!!)

Ligo pro bafo não, como sozinha se for preciso!

Carlos Amaral 11 de nov de 2011 09:47:00  

Kris, realmente se mudar o nome fica... engraçadinho!!! kkkkkkkkkkk... Mas com esse nome tá bom demais, é q levei um susto mesmo na hora q li. Claro q, lendo o post, fica fácil de entender. É tão de quinta e tão rápida de fazer q vc dá uma fugidinha na cozinha (/michelteló), ninguém percebe e qdo vc volta aparece com os acepipes do templo da perdição!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkk... rs... Muito bom mesmo! Parabéns! Paz, luz e sucesso pra vc sempre! Bjs!

Carol 16 de nov de 2011 16:29:00  

Esse catupiralho é famoso aqui em casa, a gente sempre faz. Mas eu transfiro pra um refratário redondinho e dou uma gratinada nele antes de por os condimentos!!!

Beijão

Carol

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Back to TOP